Saiba quando procurar um especialista em Cabeça e Pescoço

Saiba quando procurar um especialista em Cabeça e Pescoço

Algumas dúvidas podem surgir em relação a especialidade de Cabeça e Pescoço, que é nova e pouca conhecida. Por esse motivo, poucas pessoas sabem quando procurar um médico de Cabeça e Pescoço.

Essa especialidade tem como foco tumores benignos e malignos que surgem nessas regiões. Os profissionais desta área distinguem-se pelo profundo conhecimento anatômico e fisiopatológico, que possuem uma grande quantidade de nervos, músculos e vasos sanguíneos.

Pessoas que apresentam rouquidão persistente, caroço no pescoço, sensação de corpo estranho ou lesão tipo afta na boca ou garganta que não melhora, ferimento na face ou couro cabeludo com difícil cicatrização, alteração no olfato, paladar e dificuldade para engolir, devem ser avaliadas por esses especialistas, principalmente pacientes que fumam, bebem e possui histórico de câncer na família.

É comum confundir-se ao pensar nas atribuições dessa especialidade. A área não trata acometimentos cerebrais, no entanto, pacientes com queixas de cefaleia costumam procurar essa especialidade.

Essa ampla formação permite o especialista um profundo conhecimento relacionado à cabeça e ao pescoço. Por isso, esses médicos recebem pacientes de várias outras áreas da medicina. Normalmente, as pessoas são orientadas a procurar estes médicos após passar pelo otorrinolaringologista, endocrinologista, dermatologista e pelos odontólogos e cirurgiões buco-maxilo-faciais.

É importante lembrar que tumores em fase inicial não causam dor, por isso não espere sintomas para procurar um especialista. Há uma grande chance de cura quando o caso é detectado no estágio inicial.

É de extrema importância procurar um especialista quando tiver suspeita de tumores nas regiões da cabeça e pescoço. O Sinai possui um time de referência especializado em Cabeça e Pescoço. Faça seu pré-agendamento e tire todas as suas dúvidas.