MASTOLOGIA NÃO TRATA APENAS DE CÂNCER DE MAMA

MASTOLOGIA NÃO TRATA APENAS DE CÂNCER DE MAMA

A mastologia é a especialidade médica que estuda e trata as patologias que atingem as mamas. Ela engloba as doenças que atingem mulheres e homens. O câncer de mama é um dos tipos de câncer mais comum e que mais mata mulheres em todo mundo. Como não apresenta sintomas na sua fase inicial, sua detecção precoce se torna bastante difícil. Destaca-se que quanto antes o câncer de mama for descoberto, mais alta será sua taxa de sucesso no tratamento.

AMPLITUDE DA ÁREA

O papel do mastologista, no entanto, vai muito além do cuidado com o câncer, ele cuida de todas as patologias que atingem as mamas. 

É comum entre as mulheres jovens, principalmente no final da adolescência e no início da vida adulta, apresentarem alterações no corpo devido à produção de hormônios. E é principalmente nesta fase que podem surgir algumas doenças na mama, como nódulos (fibroadenomas) e as assimetrias (seios de tamanho diferente).

O médico mastologista será o profissional que fará os exames necessários e recomendará o melhor tratamento. No caso dos nódulos, é possível a identificação pelo toque ou por exame de imagem. Já nos casos de assimetria das mamas, em sua maioria, não se constituem uma preocupação, mas apenas o mastologista poderá verificar e chegar a um diagnóstico.

Em homens também acontecem o aparecimento de patologias nas mamas, como é o caso da ginecomastia, doença que leva ao crescimento das glândulas mamárias de forma anormal para o corpo de um homem. Através de uma consulta ao médico mastologista será possível detectar as possíveis causas e estabelecer um tratamento que possa corrigir a condição. A ginecomastia muitas vezes pode ter resolução espontânea com o tempo mas, em algumas situações, pode haver necessidade de tratamento cirúrgico.

Durante o período de gravidez e amamentação, as queixas mais comuns dizem respeito a infecções, como a mastite. Quando tratada logo no começo, a mastite costuma ter bons resultados. Se for uma mastite já instalada com secreção, é necessário o uso de antibiótico. Porém, só um médico especialista poderá fazer uma avaliação e prescrever a medicação adequada, caso seja necessário.

Lembre-se que todo diagnóstico e tratamento deve ser recomendado por profissional capacitado. Mantenha suas consultas em dia.