Outubro Rosa: Importância do psicólogo no tratamento do câncer de mama

Outubro Rosa: Importância do psicólogo no tratamento do câncer de mama

Quando se fala em Outubro Rosa ou câncer de mama – movimento de prevenção ao câncer de mama que busca incentivar os exames de mamografia em mulheres – associamos logo a profissionais de oncologia e/ou mastologia, afinal são eles que cuidam deste caso. Mas, você sabia que os psicólogos também desempenham um papel importante ao longo do processo?

O profissional de psicologia trabalha orientando e auxiliando o paciente a romper barreiras durante o processo, por meio de estratégias adequadas. Mais que isso, ele oferece acolhimento ao medo, dor e angústia, focando não apenas no câncer de mama, mas em todos os aspectos da vida do paciente de forma integrada. Inclusive, alguns aspectos são trabalhados em conjunto com os familiares do paciente.

O suporte psicológico durante as fases do tratamento do câncer de mama é tão importante quanto a medicação, e faz toda a diferença no processo, considerando que o impacto do diagnóstico da doença muda completamente a vida da paciente. O tratamento terapêutico é um complemento ao tratamento tradicional.
Prevenção
É extremamente importante que mulher conheça seu próprio corpo e reconheça alterações ao tocá-lo, por meio do autoexame, assim como praticar o autocuidado. Visite seu médico regularmente e faça exames de rotina periodicamente.