Ultrassom endovaginal: qual a importância do exame?

Ultrassom endovaginal: qual a importância do exame?

O ultrassom endovaginal é um exame que causa medo em algumas mulheres, pelo fato de não conhecê-lo direito. Devido a esse temor, muitas deixam de fazê-lo. No entanto, é um exame bastante importante, que deve ser realizado sempre que pedido pelo médico.

Esse ultrassom é um exame não invasivo — ou seja, sem a necessidade de cortes ou furos — feito para avaliar os órgãos reprodutivos femininos. Ele é realizado por via endovaginal e emite ondas sonoras, gerando imagens em movimento das estruturas pélvicas. Quando feito em mulheres grávidas , ele não apresenta risco algum para o bebê. Inclusive, costuma ser o primeiro exame a ser realizado assim que confirmada a gravidez.

Também conhecido por ultrassom transvaginal, ele não é útil somente para as mulheres grávidas. Ele também é feito para acompanhar casos de suspeita de endometriose, para acompanhar vários estágios da colocação do DIU (Dispositivo Intrauterino), para rastrear nódulos e averiguar se há presença de câncer, dentre outros diagnósticos.

Esse exame não é doloroso, ainda que algumas mulheres possam sentir certo desconforto com a inserção do transdutor no canal vaginal. Ele é importantíssimo para a saúde feminina e não há motivo para temê-lo. Por isso, sempre siga as orientações de seu médico e realize os exames solicitados.00